O Verbo que Mudou a Minha Vida

talent

Desde que decidi orientar a vida no sentido da felicidade têm sido várias as voltas que tenho dado, várias as vitórias e outros tantos fracassos, muitas alegrias e igual número de tristezas. Rumos que o destino muda de repente fintando-me, opções que aparentemente se revelam pouco sólidas, ajustes necessários para que a harmonia interna esteja cada vez mais presente na minha existência.

Antes desta tomada de consciência, tinha uma profissão cheia de solicitações que me deixava pouco tempo para a reflexão sobre a vida e as escolhas que fazia. Quando cheguei a uma espécie de limite – quando deixei de vibrar com o que fazia e perdi a alegria – dei início à maior aventura da minha vida: a busca de felicidade.

O evoluir deste percurso de mais de dez anos de estudo, experimentação e partilha é muitas vezes tema de escrita neste blog e através das aulas, palestras e cursos que sou convidada a organizar.

Recentemente o destino voltou a desafiar-me a grandes mudanças. Um momento inesperado que me revelou a importância que um pequeno verbo tem no meu dia a dia:

Simplificar

Um verbo que se conjuga no presente do indicativo, frequentemente no modo imperativo!

Simplificar permitiu-me recuperar o meu vibrar quando me reencontrei com o talento que quase abandonei há 10 anos atrás: – Escrever!

Simplificar (ao contrário do que aconteceu em outros anos por esta altura) não é sinónimo de divulgação de novos programas de aulas. Este ano lectivo não haverá um novo curso de chi kung ou de meditação em movimento.

Simplificar este ano é mais simples: escrever, simplesmente. Escrever desalmadamente. Escrever profissionalmente. Escrever solidariamente. Escrever simplesmente é o que me faz verdadeiramente feliz.

Se até aqui o Chegar vivia essencialmente das minhas reflexões e ocasionalmente como veículo de divulgação dos meus cursos, a partir de Outubro será uma plataforma de apoio a todos os que, como eu, querem mesmo é ser felizes.

E como acredito que ser feliz é simplificar, é disso que se vai aqui tratar: escrever sobre ferramentas que apoiem processos de mudança baseados no verbo que mudou a minha vida:

Simplicity

Se há algo que já aprendi é que a vida é simples, por muito que possa parecer o contrário. As boas notícias é que simplificar é uma escolha pessoal. Tão simples quanto isso. E no entanto, aparentemente tão complicado.

 

2 Responses to O Verbo que Mudou a Minha Vida

  1. luisa ventura says:

    Que bom, quando a vida e a experiência nos ensina e nos leva a encontrar um outro equilibrio mais igual a nós próprios..É uma mais valia em termos de riqueza pessoal. Fico feliz por si! É destas pequenas e grandes coisas que o mundo fica melhor!

Leave a reply