O poder da sintonia

O poder da sintonia

“Mais do que as notas perfeitas, mais do que a qualidade da música é a sincronia que nos emociona. Um grupo de vozes que canta em sintonia perfeita, toca-nos profundamente.” Carlos Ançã – Maestro.

Há cerca de três meses que frequento aulas de canto e integro um coro. Desengane-se quem julgue que nasci com o dom da voz. A minha prática tem sido um desafio diário de treinos a que me imponho para educar as minhas cordas vocais e fortalecer o meu diafragma.

No coro não sou a única nesta situação. Somos muitos novos aspirantes a cantores das mais variadas idades. A semana passada, pela primeira vez, ao cantarmos todos em conjunto a obra que temos vindo a ensaiar, o nosso maestro de paciência infinita para a nossa inexperiência emocionou-se.

No final da nossa prestação pela primeira vez não ouvimos as críticas, as correcções ou os apontamentos de notas fora de tom. Não fomos obrigados a repetir vezes sem conta até acertar. Quando terminámos, ele olhou-nos em silêncio por uns instantes para depois dizer: “Maravilhoso!” De seguida explicou porquê com a frase acima citada.

Salvo algumas excepções, individualmente a voz não sobressai: treme, falha notas, perde o brilho ou atrapalha-se nas subidas e descidas de escalas. Sozinhos não somos fenómenos de talento. Pelo contrário, envergonhamo-nos, escondemo-nos, encolhemo-nos.

Mas há aproximadamente três meses que partilhamos esta teimosia de aprender, de superar as nossas limitações e de contrariar a “falta” de talento. Juntos treinamos, rimo-nos dos nossos erros e aplaudimos as nossas vitórias.

Juntos conseguimos cantar alto sem medo de mostrar as nossas vozes. Porque estamos em equipa. Quem mais sabe apoia quem começa agora a aprender. Quem começa, em conjunto sente-se protegido pelas vozes mais experientes. Juntos fazemos algo que sozinhos não somos capazes: arriscamos produzir som.

E de tanto trabalharmos em uníssono, de tanto desenvolvermos – mais que as notas certas – a confiança de fazer sair som harmónico das nossas cordas vocais, a semana passada encontrámos a nossa sintonia. Desde esse momento que somos um coro de verdade. Não porque tenhamos as vozes mais bonitas mas porque aceitámos integrar este grupo e nele depositar a confiança de que, mesmo falhando individualmente, somos muito mais que isso. Somos um conjunto de vozes que arriscam para lá das limitações que os egos definem.

Sempre valorizei a solidão. É importante para a minha sanidade mental, para o meu sossego, para a minha prática espiritual, para o meu relaxamento. Acredito que saber estar só é uma arte poderosa e todos devíamos aprender a encontrar-nos bem na nossa própria companhia. Sozinhos regeneramos, reflectimos, recuperamos e criamos.

Mas sozinhos mais dificilmente nos emocionamos (não é mais divertido assistir a um filme de comédia com outra pessoa?). Sozinhos temos menos oportunidades de deixar emergir sentimentos imensos totalmente imateriais que nos lembram o quão maravilhoso é ser humano. Sozinhos entregamo-nos mais facilmente à companhia pouco agradável do ego.

Em conjunto, criamos sinergias, espelhamos vontades, apoiamos quedas e vamos em frente. Em conjunto, quando interiorizamos que somos algo para lá de nós mesmos, o ego deixa de ter espaço e com ele vão-se os medos, as inseguranças e as críticas. Em conjunto apenas somos o fim a que nos propomos como um todo. Em conjunto arriscamos. E é deste risco assumido de abandono do ego que nasce a emoção. A emoção de sentir os corações que se alinham no seu bater.

Pauta

2 Responses to O poder da sintonia

  1. margarida gardner says:

    Mais uma acção positiva, experimentada , transmitida e com a possibilidade real de ser seguida. O quanto eu tenho aprendido consigo ! Aos quasi 82 anos, a minha voz agora apresenta falhas que não seriam suportadas pelo mais generoso coro. No entanto, vou cantar na casa de banho e encontrar a voz afinada de que ainda lembro e que tanto prazer me dava. Obrigada, minha amiga .
    margarida

    • silvia says:

      Margarida,

      Obrigada pelas suas palavras. Pelo que conheço de si, a Margarida tem em si uma grande sabedoria. A sua energia é uma inspiração para mim.

      Cante sim, que sabe tão bem!

      Um beijinho grande

Leave a Reply to margarida gardner Cancel reply