As Mãos

As Mãos

Não consigo evitar fazer das minhas viagens de metro laboratórios de observação. A semana passada enquanto a minha estação não chegava fui reparando na dificuldade que todos temos em relaxar as mãos. É muito difícil manter as mãos quietas, abandonadas em cima do colo ou ao lado do corpo.

À minha frente uma rapariga brincava com as franjas da sua mala entre os dedos. Ao meu lado um homem jogava no seu tablet. No banco do outro lado um jovem roía as unhas, uma mulher dobrava e desdobrava um papel, outra falava ao telemóvel e ainda outra brincava com as pontas do seu cabelo. Fui alargando o meu campo de visão e em toda a carruagem, até onde a minha vista alcançava ninguém tinha as mãos simplesmente quietas, relaxadas. Eu própria, enquanto observava os outros não dei conta que todo aquele tempo ia girando o anel da mão direita com os dedos da mão contrária.

As nossas mãos são o que nos permite tocar tudo o que existe no mundo exterior. São uma espécie de relação entre a nossa realidade interna e o que está para lá de nós. São as nossas melhores ferramentas de trabalho. Expressam afecto, criatividade e têm poderes curativos. Podem igualmente ser a expressão da nossa raiva ou frustração, a força para afastar o que não queremos ou o gancho para prendermos o que acreditamos ser nosso.

A importância das nossas mãos é imensa. As suas funções estão presentes em todos os momentos. E nunca (ou muito raramente) nos lembramos de as incluir em momentos de relaxamento. Como o pode ser uma viagem de metro.

Esta inquietude permanente das mãos pode ser vista como um reflexo da importância que damos a tudo o que é material, tudo o que faz parte do mundo visível e é exterior a nós. Sendo tão apegados à matéria, não há como não a considerar um quadrante vital da nossa vida. Um quadrante que no programa Chegar a Mim está ligado ao elemento Metal. É totalmente dedicada a este tema: bens materiais, dinheiro, matéria que existe para lá de nós.

Esta semana há ainda outra novidade: o programa Chegar a Mim assenta em vários pilares sendo a meditação uma das ferramentas fundamentais para o seu sucesso. Como tal, respondendo às várias solicitações quem têm vindo a surgir de todos os que o seguem, em Novembro haverá um curso de Meditação. Para iniciados e também para mais experientes. Todas as informações estão disponíveis neste link.

Em Aljezur as minhas mãos a limparem os "sapatos" de um burro

Em Aljezur as minhas mãos a limparem os “sapatos” de um burro

Leave a reply